domingo, 31 de outubro de 2010

 Deus como pode doer tanto tenha piedade ,,, dói essa dor,
você partiu...

Eu não estava
preparada para
ficar longe de você.

Você sempre será
meu guerreiro e
nunca imaginei
que você, meu
grande filho
um dia fosse partir.

Bruno, como é dificil
ficar sem você, é
uma dor muito grande,

uma dor que não tem expricação
dor que arrebata meu corãçao.

Mas a pior dor, é saber
que enquanto você
estava aqui, eu nunca
consegui falar-te o
quanto eu te amava,
o quanto você é e era
importante em minha
vida...

Não sei se por mêdo,
de sua reação, enfim
você se foi e levou o
que havia de melhor
dentro de mim...
Meu Amor por Você!

Sempre vou te Amar
Meu amigo ,meu
tudo...Meu filho querido Jeferson Bruno !!!

sempre vou te amar,,
BRUNO SAUDADE MAIS DOLOSOSA QUE ESSA NÃO TEM,,,,,
Faltam-me as palavras
E o sentido de viver,
A razão de tudo isso
É a saudade que sinto de você Bruno
Não há tempo que passe
Que cicatrize a expressão desse seu sorriso,
Pois nele descobrir a paz e a alegria interior,
A verdade de tudo
É que a saudade é você,
O meu amor fica atribulado
Tentando encontrar motivos para viver,
Pois a única é leal razão para se viver
Em um mundo onde o amor está esfriando,
É o Amor Verdadeiro,
E descobri que esse Amor Verdadeiro
Está em suas entranhas,
Onde nem as ruínas do tempo
Faltam-me as palavras
E o sentido de viver,
A razão de tudo isso
É a saudade que sinto de você
Não há tempo que passe
Que cicatrize a expressão desse seu sorriso,
Pois nele descobrir a paz e a alegria interior,
A verdade de tudo
É que a saudade é você,
O meu amor fica atribulado
Tentando encontrar motivos para viver,
Pois a única é leal razão para se viver
Em um mundo onde o amor está esfriando,
É o Amor Verdadeiro,
E descobri que esse Amor Verdadeiro
Está em suas entranhas,
Onde nem as ruínas do tempo
Apagará o valor de sua existência,
Pois para muito a saudade
É feroz,
E faço da minha saudade
A grandeza de sua eterna existência
Em meu etern

Apagará o valor de sua existência,
Pois para muito a saudade
É feroz,
E faço da minha saudade
A grandeza de sua eterna existência
Em meu coração voce sempre vai estar
te amo muito meu filho amado,,,,,

sábado, 30 de outubro de 2010

i
 
 
 
 
 
 
 
Não, eu não vi a sua cura se cumprir
Eu não vi o seu milagre acontecer
Nada que eu pedi a Deus aconteceu

É... Vou tentando achar o rumo por aqui
Vou reaprendendo ser sem ter você
Descobrindo em mim o que você deixou

Grito seu nome
Desejoso de resposta
Quando vejo a mesa posta
E seu lugar sem ter ninguém

Mas nessa ausência
Sei que existe outra presença
Uma força que sustenta
E que me faz permanecer... de pé

É Jesus, meu Deus humano
Meu Deus humano
Que conhece a dor de ver partir a quem se ama
Que chorou de saudade
Que sofreu por seus amigos
E que esteve ao meu lado
Quando eu vi você partir

É Jesus, meu Deus humano
Meu Deus humano
Que conhece a dor de ver partir a quem se ama
Que chorou de saudade
Que sofreu por seus amigos
E que não me abandona
Quando eu não sei compreender

Por que você partiu
Por que você se foi
E porque o milagre não se deu como eu pedi

Não, eu não vou perder a fé nem desistir
Foi você que me ensinou antes de ir
Vou vivendo assim, conhecendo o coração
Que você fez pulsar em mim
Esta mensagem  é para os pais que já perderam um filho, e por isso, brigaram com Deus.Eu não tenho respostas prontas para essa dor!
Há feridas que não se curam com pomadas, mas com o tempo.
Para eles, que continuam zangados com Deus esta canção!
Admito que eu já duvidei,
Depois daquela morte repentina naquele acidente
Depois que dos meus olhos Deus levou a luz do sol,
Depois daquela perda sem aviso e sem sentido,
Admito que eu já duvidei.
Admito que eu briguei com Deus porque não respondeu
Quando eu Lhe perguntei porquê;
Ele, que tudo sabe, tudo pode, tudo vê,
Parece que não viu, nem me escutou lá no hospital.
Admito que eu fiquei de mal!
Doeu demais e, quando dói do jeito que doeu,
A gente chora, grita e urra e põe pra fora aquela dor.
E desafia o Criador e quem se mete a defendê-lo.
Comigo não foi diferente do que foi com tanta gente
Que perdeu algum amor.
Briguei com Deus, briguei com Deus
E se eu briguei foi por saber que Deus ouvia.
Admito que eu me revoltei;
Onde é que estava Deus com Seu imenso amor?
Se Deus é amoroso, então por que deixou?
Por que tinha que ser do jeito que foi?
Admito que eu O desafiei,
Admito que eu O desafiei,por não achar sentido no que Deus me fez;
E nem me perguntei porque será que o fez.
Briguei com quem levara alguém que eu tanto amei!
Admito que eu já blasfemei.
Briguei com Deus, briguei com Deus
Briguei com Deus, mas acabei no colo Dele.
Admito que voltei pra Deus.
E até nem sei dizer porque foi que voltei.
Eu acho que voltei porque não me calei.
Voltei porque, talvez, não sei viver sem crer.Admito que ainda creio em Deus,
Mas tenho mil perguntas a doer em mim.
Eu tenho mil perguntas para Lhe fazer.
Espero que Ele um dia queira responder!
BRUNO TE AMAMOS ,,,,,

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

A VIDA NÃO ME ENSINOU,,,,,,,

A vida me ensinou… A dizer adeus às pessoas que amo, Sem tira-las do meu coração; Sorrir às pessoas que não gostam de mim, Para mostra-las que sou diferente do que elas pensam; Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar; Calar-me para ouvir; Aprender com meus erros . Afinal eu posso ser sempre melhor. A lutar contra as injustiças; Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo, A ser forte quando os que amo estão com problemas; Ser carinhosa com todos que precisam do meu carinho; Ouvir a todos que só precisam desabafar; Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos; Perdoar incondicionalmente, Pois já precisei desse perdão; Amar incondicionalmente, Pois também preciso desse amor; A alegrar a quem precisa; A pedir perdão; A sonhar acordada; A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário); A aproveitar cada instante de felicidade; A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar; Me ensinou a ter olhos para “ver e ouvir estrelas”, embora nem Me ensinou a ter olhos para “ver e ouvir estrelas”, embora nem sempre consiga entendê-las; A ver o encanto do pôr-do-sol; A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser; A abrir minhas janelas para o amor; A não temer o futuro; Me ensinou e esta me ensinando a aproveitar o presente, como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesma tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher ,,,,,,,,

sábado, 23 de outubro de 2010

onten foi meu aniversario meu filho querido BRUNO AMOR ETERNO
Meu filho querido ontem foi meu aniversario meu primeiro aniversario sem voce queria tanto que voce estivesse aqui .A cindy a meire e seus irmãos fizerão uma surpresa pra mim fquei muito feliz, mais ao mesmo tempo muito triste porque faltava voce veio um nó na minha garganta uma dor grande no peito. nossa que vontade de chorar,gritar,errar até amenisar essa dor que estava sentindo no coração,mas não podia não podia decepcionar as pessoas que fizerão tudo isso com tanto amor com tanto carinho carinho,mas não deu para se segurar muito quando todos forão para suas casas, chorei chorei muito ate que adormeci mas chorei porque é tanta saudade sua tanta saudade que as vezes acho que não vou suportar tanta dor e saudade é uma dor sem explicação. sempre peço para nosso jesus e nossa senhora piedade de tanta saudade e dor mas a pergunta ainda fica PORQUE, ainda estou esperando respostas de deus, as lagrimas ja começou a tomar conta do meu rosto estou soluçando não estou conseguindo mais escrever, meu filho onde quer que vc esteja estarei sempre com voce sempre não te esqueço um só minuto da minha vida descanse em paz meu filho Bruno te amo muito,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,
Anjo bruno
Em um olhar
Em um gesto
Em um toque...
A inocência está na alma de Anjos.
Anjos que do mundo são futuro.
Anjos inocentes
Que nada temem
Nada sabem
Nada impõem...
O mundo para eles
É uma completa fantasia
Uma viagem em um tapete mágico
Um castelo de sonhos...
Anjos que desconhecem a dor
E os problemas que perturbam o mundo.
Anjos sensíveis
Que transmitem a pureza.
Anjos de Deus
Pequenos seres
Abençoados pela ternura
Olhos da salvação...
Anjos que do mundo são reféns
Que da vida
Não conhecem nada.
Anjos Crianças
Que apenas querem sonhar
E se aventurar em fantasias;
Fantasias que os corações de
Anjos
Podem Viver.
Que tempo para o luto? Até Jesus chorou no túmulo de Lázaro. Então choro é sinal de que também amamos QUEM PARTIU PARA OUTRA DIMENSÃO.

As mães não deveriam chorar a morte de seus filhos. Ao concebê-los,
DOR QUE NÃO ACABA NUNCA

deveriam receber, com carimbo do céu e assinado por Deus, uma certidão de garantia, para vê-los crescer, sempre saudáveis e felizes. Ao lado deles, poderiam comemorar suas vitórias, suas conquistas, e depois de muito tempo, quando sentissem a conclusão de seu ciclo de vida, elas teriam o direito de serem veladas por seus filhos, todos eles, a fim de seguir feliz sua viagem de reencontro ao Criador. Os filhos, para as mães, deveriam ser sempre vivos, pois não foram concebidos para a morte, mas para a vida. Nada neste mundo é mais triste, mais doloroso do que choro de mãe que perde um filho.
Elas não merecem isto. Nunca mereceram.

Jamais merecerão.
COMO DOI TANTO,,,,,,,,
Se a tristeza tomou conta de você no dia de hoje, silencie.
Se pessoas falaram de ti e se te julgaram, silencie.
Se a magoa te faz chorar, silencie.
Saiba que Deus tudo vê, nada escapa de seus olhos.
Pois Ele conhece o coração dos maus e bons
Nada foge de seus olhos
Não queira revidar e nem discutir
Eu sei que dói, ainda mais quando são pessoas próximas de ti.
Não julgue e que atire a primeira pedra quem nunca errou
Às vezes também falamos dos outros e também julgamos
Deus é misericordioso e nos perdôa
Então é hora de liberar o perdão
Logo o esquecimento chegará
Não pense que escrevo somente para você
Eu também preciso destas palavras para me confortar
Todos nós estamos sujeitos a julgamentos, pois também julgamos.
Eu sei como dói, mas tudo tem o seu tempo.
O meu eu sei que é calar e perdoar
O tempo se encarrega de colocar tudo no lugar
Às vezes nem é preciso uma fofoca
A gente sente no ar e no jeito que nos olham
E como sempre digo nada está oculto que não seja revelado
Na hora certa as coisas se esclarecem
Também sinto vontade de chorar e me isolar
Mas há um Deus que combate por nós
Ele é justo e tudo sabe de nós
Ele conhece nosso coração e somente Ele pode julgar
No mais perdôo aqueles que me feriram
Não é fácil, mas aprendi que primeiro vem à ação depois a reação.
Primeiro o querer e depois Deus nos dá a graça do esquecimento
Tente você vai se surpreender
Um abraço fraterno e fique em paz
Eu por aqui vou pedindo a Deus que abêncõe aqueles que me magoaram
Logo essa dor vai passar e vou sorrir novamente
TE AMAMOS MUITO BRUNO


Nossos Pais descobrem que um ser está para nascer e trazer as suas vidas um brilho de luz.
A cada sorriso, palavra, olhar ou suspiro, uma cachoeira de lágrimas parece inundar seus olhos de alegria e paz.
Nos tornamos adolescentes e a busca pela independência é cada vez mais clara. A nossa vontade de conquistar espaço nos distância de quem sempre nos amará, esquecemos a família. Esquecemos de dizer o quanto os amamos.
Mas um dia nossos entes queridos se vão. Quando menos esperamos e sem nenhum aviso, Deus tira de nós o que mais amamos.
Em nosso peito apenas a dor de um punhal que a cada "meus pêsames" parece pesar.
Nossos pensamentos divulgam para cada gota de sangue em nosso corpo a culpa de nunca ter dito: "te amo"; "preciso de você", "estou sempre aqui", "me preocupo", e como se não bastasse vem à frase mais forte "a culpa foi minha".
Nossos sonhos caem por terra, nossa independência parece perder a importância.
E a resposta para essa dor? O tempo e uma certeza:
Quando amamos transmitimos em pequenos atos e gestos, e as palavras não importam mais; quando precisamos de alguém, sentimos sua presença, e as palavras não têm mais sentido; quando nos sentimos sós e abandonados, surge uma palavra ou um gesto e descobrimos que nunca estaremos sós.
E a culpa? A culpa é da vida que tem inicio, meio e fim. A nossa culpa está apenas em amar tanto e sentir tanto perder alguém.
Mas o tempo é remédio e nele conquistamos o consolo, com ele pensamos nos bons momentos. E com um pouco mais de tempo, transformamos nossos entes queridos em eternos companheiros.
Nossos sonhos ganham aliados, nossa independência ganha acompanhantes, nossa vida conquista anjos. E no fim apenas a saudade e uma certeza:
Não importa onde estejam, estarão sempre conosco.

eternamente bruno

BRUNO AMOR ETERNO
Meu filho querido ontem foi meu aniversario meu primeiro aniversario sem voce queria tanto que voce estivesse aqui .A cindy a meire e seus irmãos fizerão uma surpresa pra mim fquei muito feliz, mais ao mesmo tempo muito triste porque faltava voce veio um nó na minha garganta uma dor grande no peito. nossa que vontade de chorar,gritar,errar até amenisar essa dor que estava sentindo no coração,mas não podia não podia decepcionar as pessoas que fizerão tudo isso com tanto amor com tanto carinho carinho,mas não deu para se segurar muito quando todos forão para suas casas, chorei chorei muito ate que adormeci mas chorei porque é tanta saudade sua tanta saudade que as vezes acho que não vou suportar tanta dor e saudade é uma dor sem explicação. sempre peço para nosso jesus e nossa senhora piedade de tanta saudade e dor mas a pergunta ainda fica PORQUE, ainda estou esperando respostas de deus, as lagrimas ja começou a tomar conta do meu rosto estou soluçando não estou conseguindo mais escrever, meu filho onde quer que vc esteja estarei sempre com voce sempre não te esqueço um só minuto da minha vida descanse em paz meu filho Bruno te amo muito,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

terça-feira, 19 de outubro de 2010

TE AMO MEU FILHO,,,,,,

Filho naquele dia em que partiste, lágrimas rolaram pelo meu rosto, velho e cansado, das lutas já enfrentadas na vida.
Mas bem sei que estás muito bem, pois foste ao encontro de seus sonhos, e graças dou a Deus, pois estes sonhos estão se realizando.
Ma saibas filho:
Que conto os dias, horas , minutos e segundos para poder te encontrar...
Filho quero te dar um abraço, que até o céu irá aplaudir ao contemplar a tamanha felicidade que meu coração irá sentir.
Pois eu te amo muuuuuito meu filho, e está muito difícel viver longe de vc...
Mas espero em Deus que muito breve poderi te encontrar.
Nunca se esqueça...
Eu te amo, filho meu!!!!!!
NÃO TEM SIDO FACIL ,,,,,,

É, não tem sido fácil...
Ficar tanto tempo longe de você.

A presença em meu coração
De lembranças tão fortes,
Simplesmente não permite que eu tenha paz.

Ter você comigo foi algo forte demais
E eu não consigo conformar-me com a tua falta.
Não quero pensar em causas,
Nos motivos que levaram você de mim
E muito menos no tempo em que estamos separados.

Pensar nisto, é talvez tentar medir
A dimensão de minha saudade e isto é impossível.
Você teve os seus motivos para ir e eu tive os meus para ficar.
Penso então que temos nossas razões
para estarmos longe um do outro.

Olha, tenho tentado contabilizar as perdas.
O que você tirou de mim e levou embora junto com você?
Qual a parte de mim, que você escolheu
Para machucar com a saudade?
Realmente não sei.

O tempo talvez responda, o tempo talvez cure,
O tempo talvez apague...
Tudo o que sei é que...

Sinto muitas saudades de você meu filho bruno...

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

PORQUE MEU DEUS,,,,

Admito que eu já duvidei,
Depois daquela morte repentina daquele acidente,
Depois que dos meus olhos Deus levou a luz do sol,
Depois daquela perda sem aviso e sem sentido,
Admito que eu já duvidei.
Admito que eu briguei com Deus porque não respondeu
Quando eu Lhe perguntei porquê;

Ele, que tudo sabe, tudo pode, tudo vê,
Parece que não viu, nem me escutou lá no hospital.
Admito que eu fiquei de mal!

Doeu demais e, quando dói do jeito que doeu,
A gente chora, grita e urra e põe pra fora aquela dor.
E desafia o Criador e quem se mete a defendê-lo.
Comigo não foi diferente do que foi com tanta gente
Que perdeu um amor.

Briguei com Deus, briguei com Deus
E se eu briguei foi por saber que Deus ouvia .

Admito que eu me revoltei;
Onde é que estava Deus com Seu imenso amor?
Se Deus é amoroso, então por que deixou?
Por que tinha que ser do jeito que foi?
Admito que eu O desafiei,

Admito que eu O desafiei,por não achar sentido no que Deus me fez;
E nem me perguntei porque será que o fez.
Briguei com quem levara alguém que eu tanto amo!
Admito que eu já blasfemei.

Briguei com Deus, briguei com Deus
Briguei com Deus, mas acabei no colo Dele.

Admito que voltei pra Deus.
E até nem sei dizer porque foi que voltei.
Eu acho que voltei porque não me calei.
Voltei porque, talvez, não sei viver sem crer.
Admito que voltei pra Deus.

Admito que ainda creio em Deus,
Mas tenho mil perguntas a doer em mim.
Eu tenho mil perguntas para Lhe fazer.
Espero que Ele um dia queira responder!